fbpx

Diagnóstico de diabetes cresce 61,8% em dez anos; saiba como se prevenir

Diabetes_Hospital_Presidente

O número de brasileiros diagnosticados com diabetes cresceu 61,8% entre 2006 e 2016. Os dados, considerados preocupantes, foram apurados pelo Ministério da Saúde por meio do Vigitel, pesquisa telefônica realizada anualmente para acompanhar a evolução da saúde da população.

Segundo o levantamento, a obesidade entre os brasileiros teve aumento semelhante – de cerca de 60% – durante o período. Em 2006, 11,8% dos brasileiros eram obesos; em 2016, o percentual foi de 18,9%.

Há uma relação direta entre o aumento dos índices de obesidade na população brasileira e a elevação dos diagnósticos de diabetes, já que o sobrepeso é um dos principais fatores que favorecem o desenvolvimento da doença. Saiba mais sobre o diabetes e como preveni-lo.

O que é diabetes tipo 2

O diabetes tipo 2 é a variedade mais comum da doença, com mais de 90% dos diagnósticos. Nesse caso, o organismo passa a não conseguir usar adequadamente a insulina que produz, ou deixa de produzir insulina suficiente para controlar a taxa de glicemia.

O diabetes tipo 2 se manifesta mais frequentemente em adultos, mas também pode aparecer em crianças. Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes, pessoas com as características abaixo têm maior propensão a desenvolver a doença e devem fazer visitas periódicas ao médico:

  • Pressão alta.
  • Colesterol alto ou alterações na taxa de triglicérides no sangue.
  • Sobrepeso, principalmente se a gordura estiver concentrada em volta da cintura.

Dependendo da gravidade, a doença pode ser controlada com atividades físicas e readequação alimentar. Em casos mais graves, exige-se o uso de insulina ou outros medicamentos para controlar a glicose presente no organismo.

 Como diminuir o risco de desenvolver o diabetes tipo 2

 Mudanças nos hábitos relacionados à alimentação e à prática de exercícios são recomendadas para a diminuição do risco de desenvolver o diabetes tipo 2. Veja algumas atitudes simples que podem melhorar sua saúde e sua qualidade de vida:

  • Diminuir o peso entre 5 e 10%.
  • Realizar atividades físicas moderadas, como caminhadas de pelo menos 30 minutos por dia.
  • Diminuir as gorduras totais da alimentação para menos de 30% do total de calorias ingeridas.
  • Diminuir a ingestão de gorduras saturadas, presente em produtos de origem animal, como leite, queijos e carnes.
  • Aumentar o consumo de fibras.

 O que é diabetes tipo 1

O diabetes tipo 1 é mais raro e tem causas genéticas. Pessoas com a doença têm pouca ou nenhuma insulina liberada para o corpo. Como consequência, a glicose fica no sangue em vez de ser usada como energia. Essa variedade do diabetes costuma aparecer na infância ou na adolescência, mas pode eventualmente ser diagnosticada em adultos.

O tratamento para o diabetes tipo 1 requer o uso de insulina, medicamentos específicos, readequação alimentar e prática de exercícios físicos.

Diagnóstico do diabetes

O diagnóstico do diabetes é muito simples. Um exame de sangue, ou a retirada de uma gota de sangue da ponta dos dedos, já permite avaliar se há variação na taxa de glicemia. Caso seja detectada alguma alteração considerável, o paciente é encaminhado para a realização de exames mais aprofundados.

Para o diagnóstico preciso, o médico deve solicitar o teste oral de tolerância à glicose. O exame é feito em etapas em que são coletadas amostras de sangue em um intervalo determinado, geralmente de 30 minutos. Entre as coletas, o paciente ingere um xarope de glicose. Os resultados das diferentes amostras de sangue são dispostos em um gráfico, que permite a avaliação exata das condições glicêmicas do indivíduo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *