Sente dor no corpo e não sabe a origem? Procure um ortopedista!

Em conjunto com as doenças ocupacionais, relacionadas à repetição de movimentos (LER), os traumas do aparelho locomotor correspondem a 90% dos atendimentos de ortopedia e traumatologia no Brasil

A estatística é impressionante: 9 em cada 10 pessoas que procuram os prontos-socorros com dores e dificuldades para fazer movimentos desempenham atividades causadoras de LER ou estão sofrendo as consequências de um trauma musculoesquelético.  

LER significa Lesão por Esforço Repetitivo e compreende um conjunto que doenças que acometem músculos, nervos e tendões causadas por movimentos que se repetem. Embora esteja frequentemente associada a certas profissões, como digitador, manicure, costureira, motorista, pianista, entre outras, a LER não está restrita às doenças ocupacionais do trabalho remunerado. De fato, qualquer atividade que exija repetir o movimento em sequência, como varrer a casa ou fazer crochê ou tricô, por exemplo, pode causar a LER.

As queixas do sistema musculoesquelético, por sua vez, são provocadas, na maioria, por lesões ortopédicas ou traumas em consequência de acidentes, violência, e outras causas externas, e se manifestam através da dor.  

Para lidar com lesões e traumas do corpo humano existem a Ortopedia e a Traumatologia.

Tudo Junto e Separado

Para caminhar ou fazer qualquer movimento, nós precisamos de dois sistemas: o esquelético e o muscular.  Também chamado de sistema locomotor, o sistema esquelético é formado pelos ossos, músculos, cartilagens, tendões, ligamentos, articulações e outros tecidos conjuntivos que suportam e ligam tecidos e órgãos.

Já o sistema muscular é o conjunto de músculos que permite a movimentação do esqueleto, produção de calor, postura e sustentação do corpo. Juntos, eles formam o sistema musculoesquelético, cuja principal função é apoiar o corpo, permitir o movimento e proteger os órgãos vitais, além de atuar na produção das células sanguíneas e na reserva de energia.

A Ortopedia é a especialidade médica que cuida das doenças e deformidades relacionadas ao aparelho locomotor. A Traumatologia é a especialidade médica que lida com o trauma do aparelho musculoesquelético. No Brasil as especialidades são unificadas, recebendo o nome de Ortopedia e Traumatologia.

Sinais de Alerta

Dor nas costas, dor crônica, traumas antigos e dor muscular são sinais de alertae exigem uma consulta com o ortopedista. Se a dor for repentina ou muito intensa, o médico ortopedista poderá fazer o atendimento no pronto-socorro, usando exames de raio x, densitometria óssea, tomografia computadorizada ou ressonância magnética para chegar ao melhor diagnóstico.

Algumas lesões ortopédicas exigem tratamentos diferenciados, que vão desde o repouso, imobilização, uso de medicamentos anti-inflamatórios, terapias alternativas, como fisioterapia, RPG, acupuntura, e até cirurgias que só podem ser indicadas por um médico ortopedista.

Conheça as lesões mais comuns:

  • Artralgia: dor nas articulações, como joelho, cotovelo, ombro, etc.
  • Artrose: desgaste da cartilagem (tecido de proteção nas extremidades dos ossos) que acontece gradualmente e se agrava com a idade.
  • Lesão do Ligamento Cruzado Anterior (LCA), Lesão do Ligamento Cruzado Posterior (LCP) ou Lesão do Ligamento Colateral ou Lesão Meniscal: causadas por desgaste natural ou entorses e até rupturas durante a prática esportiva.
  • Lombalgia e Cervicalgia: também conhecida como dor nas costas, é bastante comum e uma das principais causas de afastamento no trabalho, assim como as tendinites.
  • Tendinites: inflamação dos tendões, muitas vezes causada por movimentos repetitivos relacionados ao trabalho ou a prática esportiva.
  • Síndrome do Manguito Rotador: popularmente conhecida como dor no ombro, bursite ou ainda doença do ombro do tenista, pode ser causada por inflamações ou movimentos repetitivos.
  • Síndrome do Patelo Femoral: é a dor no joelho, particularmente comum nas mulheres e adultos jovens, que aumenta ao subir escadas ou agachar.
  • Dor ciática: inflamação do nervo ciático (o maior nervo do corpo humano); provoca dor intensa no fundo das costas, glúteo ou pernas, dificuldade em manter a coluna ereta e dor ao andar.

O Papel do Médico Traumatologista

A traumatologia é a especialidade médica responsável pelo atendimento de traumas no aparelho locomotor, resultantes de acidente de trânsito, acidente doméstico, queda, amputação e esmagamento, que podem provocar luxação, diferentes níveis de contusão e até fratura óssea. O tratamento está relacionado à gravidade da lesão e pode incluir repouso e imobilização e mesmo cirurgias de grande porte.

Pode parecer que o médico traumatologista cuida de todos os tipos de trauma, mas ele se dedica apenas ao aparelho locomotor – ou seja, membros inferior e superior, coluna e bacia.

É muito comum que pacientes com traumas de tórax ou mesmo facial procurem o médico ortopedista. Mas esses sistemas devem ser atendidos por outras especialidades. Veja abaixo o melhor especialista para cada tipo de trauma:  

  • trauma abdominal: cirurgião geral
  • trauma craniano: neurocirurgião
  • trauma de tórax: cirurgia torácica
  • trauma facial: cirurgião bucomaxilofacial ou cirurgião plástico

O Hospital Presidente possui atendimento ambulatorial de ortopedia e traumatologia, além de centro cirúrgico capacitado para atendimentos de alta complexidade, com uma infraestrutura completa de apoio.

Agende sua consulta pelo e-mail: [email protected] ou telefone para 2261-6611 – Ramal 1085, com Camila.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *