Todos os dias devemos proteger a mulher da violência doméstica

violência doméstica

Hospital Presidente apoia Patrulha Defensora das Mulheres com a doação de roupas e itens de higiene e uso pessoal

Uma mulher sofre de violência doméstica a cada 4 minutos no Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde. Esse número não inclui o número de vítimas de feminicídio, porque o Ministério da Saúde só registra as informações das mulheres que sobrevivem aos ataques e são atendidas nos hospitais e postos de atenção básica.

Diante deste cenário, a atuação de entidades como a Associação da Patrulha Defensora das Mulheres Vítimas de Violência Doméstica do Estado de São Paulo, que atua no combate e enfrentamento da violência contra a mulher, é cada vez mais necessária.

Para apoiar a formação de um polo de atendimento da Patrulha Defensora das Mulheres na Zona Norte, o Hospital Presidente acaba de fazer a doação de peças de vestuário, roupas de cama (cobertores, lençóis, travesseiros), toalhas e itens de higiene e uso pessoal para as vítimas apoiadas pela associação.

Desde 2014, a Patrulha Defensora das Mulheres já atendeu mais de 6 mil mulheres com serviços de apoio jurídico, psicológico e social através de parcerias com o Banco de Alimentos do CEAGESP e o Fundo Social do Estado de São Paulo, além de cursos profissionalizantes para o estímulo da independência financeira destas mulheres.

O Hospital Presidente tem a melhor equipe de especialistas da região. Para agendar uma consulta ou exame, basta mandar um e-mail para [email protected] ou telefonar para 2261-6611 – Ramal 1085, com Camila.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *