A campanha de vacinação 2020 começou. Conheça a importância de participar.

vacina

Um dos objetivos da antecipação da campanha também é facilitar o diagnóstico da COVID-19


Neste texto você encontra informações sobre a campanha de vacinação, quem são as pessoas que estão no grupo de risco e podem se vacinar gratuitamente nos postos de saúde e ainda confere o calendário oficial com as datas.


O Ministério da Saúde decidiu antecipar a Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza para o dia 23 de março. Em geral, o governo federal inicia a vacinação contra o vírus Influenza, causador da gripe, na segunda quinzena de abril.

A gripe é uma doença grave, sobretudo para os idosos. Dados do Ministério da Saúde informam que, somente nos dois primeiros meses do ano, quase uma centena de pessoas estavam contaminadas com o H1N1. É preciso lembrar que o vírus H1N1 é um dos tipos de vírus Influenza que mais circularam no país, no ano passado. A cidade de São Paulo registra quase 1/3 dos pacientes, com 28 casos.

Quem pode receber a vacina gratuitamente

Os primeiros a receber a vacina serão os idosos e trabalhadores da área da saúde, porque são os dois principais grupos de risco de gripe. Para viabilizar a antecipação do calendário, o Instituto Butantan acelerou a produção de 75 milhões de doses da vacina, que serãodistribuídas gratuitamente nos postos de saúde de todo o país. A nova vacina protege contra os três tipos de vírus Influenza que mais circularam no Brasil em 2019

Veja abaixo quem são as pessoas que podem se vacinar nos postos de saúde:

  • Idosos com mais de 60 anos;
  • Adultos com 55 a 59 anos;
  • Crianças de 6 meses a 6 anos incompletos (5 anos, 11 meses e 29 dias);
  • Gestantes;
  • Puérperas (mulheres que tiveram um filho nos últimos 45 dias);
  • Trabalhadores da área de saúde;
  • Professores de escolas públicas e privadas;
  • Povos indígenas;
  • Pacientes com doenças crônicas e outras condições clínicas ;
  • Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos cumprindo medidas socioeducativas;
  • População privada de liberdade;
  • Funcionários do sistema prisional;
  • Profissionais de forças de segurança e salvamento (policiais e bombeiros, por exemplo).

Calendário oficial

A vacinação é uma proteção importante, já que os idosos são, também, os mais vulneráveis à contaminação por coronavírus. A gripe pode evoluir para quadros respiratórios mais graves, que exigem internação e podem levar ao óbito. Outra preocupação do Governo é auxiliar a descartar as influenzas na triagem e acelerar o diagnóstico para a COVID-19.

Para evitar aglomerações nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), o Ministério da Saúde dividiu os grupos de risco. Confira:

  • 23 de Março: idosos a partir de 60 anos e profissionais de saúde;
  • 16 de Abril: professores, profissionais das forças de segurança e salvamento e pacientes com doenças crônicas;
  • 9 de Maio: (Dia D da Campanha): crianças de 6 meses a 6 anos, adultos com mais de 55 anos, grávidas, mães no pós-parto (até 45 dias), indígenas e portadores de condições especiais;
  • 23 de Maio: encerramento da campanha

Confira no site http://buscasaude.prefeitura.sp.gov.br/ o endereço da UBS mais próxima da sua casa.

Como se proteger da COVID-19 e da Influenza

Ainda sem vacina e sem remédio, a melhor forma de combater a COVID-19 é a prevenção. As medidas valem também para evitar a gripe .

Confira algumas medidas simples:

  • evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;
  • lavar as mãos frequentemente com água e sabão, especialmente após contato direto com pessoas doentes;
  • utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • cobrir nariz e boca com o antebraço quando espirrar ou tossir;
  • evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
  • higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  • não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • manter os ambientes bem ventilados

O Hospital Presidente possui uma equipe altamente especializada em pronto atendimento, preparada para atender a casos de urgência e emergências clínicas, ortopédicas e pediátricas, 24 horas. Para informações, ligue (11) 2261-6611.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *