fbpx

Distanciamento social: a pandemia ainda não acabou e é preciso cuidado com as comemorações de Natal e ano novo

distanciamento-social

Com aumento do número de casos é preciso redobrar os cuidados com a proteção e não subestimar os sintomas. Se você observar qualquer sinal de alerta, busque ajuda médica.

 

O ano foi difícil para todos nós. Reunir e abraçar a família e os amigos no Natal ou para comemorar a chegada do novo ano é o desejo de quase todo mundo, mas, as comemorações precisam diminuir e os cuidados com higiene e proteção devem ser redobrados. Usar a máscara, lavar as mãos, evitar aglomerações. Todos sabem o que é preciso fazer: é hora de celebrar a vida sem colocá-la em risco. O mais importante: se você observar algum sintoma, não subestime o seu diagnóstico. Veja o que fazer a seguir.

 

Todo mundo não vê a hora de a vacina chegar e a pandemia acabar, mas as notícias mostram que ainda falta um pouco para isso acontecer. Em dezembro, o Brasil registrou o segundo maior número de casos desde o início da pandemia. Infelizmente, o número de mortes também aumentou e já há o risco de superlotação nos hospitais.

Todos nós queríamos comemorar o Natal e o ano novo sem restrições, mas a verdade é que é hora de redobrar os cuidados e as medidas de proteção. Os especialistas lembram que as medidas simples, como lavar as mãos e usar a máscara, são efetivas, porém, é preciso também ficar em casa e evitar as aglomerações.

Entretanto, isso não significa que precisamos esquecer as festas de fim de ano. É possível organizar um amigo secreto e até a visita do Papai Noel – veja dicas aqui. E dá para receber o vovô e a vovó para a ceia, mas os tios, os primos e os amigos precisam ficar nas casas deles.

É hora de aproveitar a experiência aprendida com as videoconferências no trabalho remoto e nas reuniões familiares realizadas desde março, o que não precisa ser sem graça. Há profissionais oferecendo serviços para animar esses momentos. São apresentações de música ao vivo, contação de histórias para as crianças e divertidíssimos shows de stand-up. Não faltam opções desses serviços no Google.

Agora, o mais importante é proteger a nossa saúde e a de quem amamos. Se você observar qualquer sintoma, ainda que leve, não hesite. Busque atendimento médico imediato para afastar qualquer dúvida.

O serviço de Pronto Atendimento do Hospital Presidente é 24 horas e conta com dois plantonistas especializados em pacientes com sintomas respiratórios. Não espere os sintomas se agravarem para agir. O diagnóstico precoce e a antecipação de procedimentos é fundamental para uma boa recuperação.

Se durante a consulta nossos especialistas identificarem algum risco, você realizará o teste e receberá toda a assistência necessária desde o início.

 

O Hospital Presidente fica na Avenida Nova Cantareira, 2.398 com acesso fácil tanto pela Avenida Nova Cantareira como pelas avenidas Tucuruvi e Água Fria. Para mais informações é só ligar para (11) 2261-6611.

 

Leia mais:

·         Protocolo de covid-19: Hospital Presidente se antecipa para salvar vidas

·         Covid-19: conheça as vacinas que estão em teste no Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *