fbpx

Acidentes de trabalho: diminuir riscos é salvar vidas

como evitar acidente de trabalho

Divulgar riscos e oferecer condições reais de combatê-los eleva a produtividade dos trabalhadores e a lucratividade das empresas.

 

O Brasil é um dos países com maior indicador de acidentes de trabalho. A OMS estima mais de 700 mil mortes a cada ano. É possível salvar vidas com medidas preventivas, engajamento e um ambiente de trabalho saudável e produtivo. Leia como a seguir.

 

Acidente de trabalho é o acidente que acontece durante o exercício da atividade profissional. Infelizmente é bastante comum no Brasil. O Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho aponta o registro de um acidente de trabalho a cada 54 segundos. Muitos desses trabalhadores sofrem lesões que os incapacitam para voltar à atividade profissional, mas é possível evitar esses números dramáticos.

Não basta distribuir equipamentos de proteção individual como capacetes e luvas. O primeiro passo é a empresa conhecer realmente quais são os riscos reais de acidentes e depois conscientizar os trabalhadores sobre eles. As CIPAs (Comissões Internas de Prevenção de Acidentes) devem ser apoiadas e seu papel vai além de investigar os acidentes que já aconteceram. É preciso conscientizar os trabalhadores e engajá-los com as medidas de proteção preventivas. É a CIPA também quem recebe as reclamações dos trabalhadores. Não dá para ignorar a visão de risco de quem opera um equipamento no dia a dia.

 

Dicas para evitar acidentes

Cada atividade tem riscos próprios e empresas especializadas desenvolvem ferramentas precisas para identificá-los. É preciso contar com uma rigorosa análise de prevenção de riscos antes de começar uma nova operação, por exemplo, mas há algumas dicas que podem ajudar todas as empresas a evitar acidentes.

  • Preparar o ambiente de trabalho considerando a altura do profissional, a atividade a ser desenvolvida, a iluminação adequada e as pausas necessárias. É preciso oferecer todos os equipamentos necessários para a realização da função, desde o computador para as atividades no escritório até as ferramentas para atuar na linha de produção ou construção civil;
  • Priorizar os equipamentos de proteção coletiva como encapsular um equipamento que faz muito barulho ou proteger um acesso que oferece riscos;
  • Sinalizar o ambiente com placas e avisos e desenvolver campanhas de conscientização regulares. É comum que depois de algum tempo o trabalhador deixe de dar atenção aos riscos, por isso, as campanhas precisam ser renovadas o tempo todo. Os especialistas em segurança no trabalho recomendam a periodicidade mensal e dão dicas de boas práticas como um álbum de figurinhas personalizado para sensibilizar a família;
  • Manter um ambiente de trabalho organizado, com equipamentos e ferramentas em seus devidos lugares e determinar profissionais que sejam responsáveis por isso;
  • Limpeza é fundamental para evitar escorregões;
  • Criar uma checklist de manutenção de todas as máquinas e equipamentos para garantir que estejam sempre com as condições plenas de uso;
  • Ensinar os trabalhadores a usar os EPIs corretamente e criar processos para checar se isso acontece diariamente. Também é preciso avaliar as condições desses equipamentos periodicamente e fazer sua substituição quando for necessário;
  • Criar um ambiente de trabalho com concentração, evitando distrações e imprudências;
  • Criar momentos de descontração com intervalos regulares para criar um ambiente amistoso e leve, longe das áreas de risco. Reservar momentos e espaços para bate-papo e descanso entre os turnos;
  • Criar uma rotina de check-up periódico para avaliar as condições de saúde dos trabalhadores.

 

Não ao improviso

As medidas de segurança e prevenção devem ser checadas exaustivamente, porém, é preciso lembrar que um acidente pode acontecer. Nesse momento não há espaço para improviso. É preciso ter normas claras sobre o que e fazer. Se a empresa não conta com um médico do trabalho no local, o socorro deve ser acionado imediatamente.

 

O Hospital Presidente é referência no atendimento médico e hospitalar na Zona Norte. O serviço de Pronto Atendimento é 24 horas com pediatria, ortopedia e clínica geral. Se um acidente acontecer o ideal é levar o trabalhador para o hospital mais próximo. Conte conosco! O Hospital Presidente fica na Avenida Nova Cantareira, 2.398, Água Fria, com acesso fácil pelas Avenidas Tucuruvi e Nova Cantareira.

 

Leia mais:

O que as empresas podem fazer para evitar acidentes de trabalho

Abril Verde: hora de pensar na segurança e saúde no trabalho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *