fbpx

Pronto Atendimento: o acolhimento é diferencial para idosos

pronto atendimento

Pronto atendimento: atenção especial e agilidade são reforçadas para pacientes da terceira idade, especialmente cadeirantes.

 

Muitas vezes, o envelhecimento fragiliza o corpo e também o estado de ânimo dos idosos. Não é fácil constatar que o vigor de antigamente foi embora e se ver mais frágil, precisando de ajuda. Por isso, no Pronto Atendimento do Hospital Presidente, esses pacientes recebem cuidado especial, tudo para transmitir a confiança de que o idoso receberá o melhor quando mais precisar. Veja a seguir o que o Hospital Presidente pode oferecer para um Pronto Atendimento à terceira idade.  

 

O Pronto Atendimento recebe casos de urgência e emergência médica, o que significa dizer que são quase sempre grandes sustos. Quando o paciente tem mais de 65 anos, esse susto parece ser ainda maior, por isso, é preciso agir rápido para trazer tranquilidade e confiança para esses pacientes e seus familiares e acompanhantes.

 

Atendimento imediato

O primeiro diferencial do pronto atendimento para idosos no Hospital Presidente é um atendimento imediato de verdade. Assim que chega, o paciente é levado ao serviço de triagem para avaliação dos sinais vitais. É lá, também, que cada paciente recebe o direcionamento para o serviço de emergência, cirurgia ou observação, de acordo com a gravidade do seu caso.

É preciso reconhecer que, com o passar dos anos, o nosso organismo fica mais frágil e precisa de mais atenção. Assim, a agilidade no atendimento pode significar não apenas salvar vidas, como também diminuir sequelas que impactarão o futuro dos pacientes. É a hora de agir com eficiência, mas também com toda a rapidez.

A certeza desse atendimento também impacta as condições emocionais tanto do paciente como de seus familiares e acompanhantes. É um primeiro passo importante para a recuperação que todos desejamos.

 

Atenção especial a cadeirantes

Muitos idosos têm restrições de mobilidade e precisam do apoio de cadeiras de rodas, mas, não é preciso se preocupar. Nossa equipe recebe treinamento especial para o atendimento a esses pacientes.

Contamos também com cadeiras Prime TC Stryke, específicas para esse transporte em hospitais. Mais segura e ergonômica, a cadeira Prime TC Stryke é equipada com sistema de travas e articulação de movimentos para as pernas, o que aumenta a segurança e evita acidentes. Possui ainda sistema Swing Away para apoio dos pés da pessoa transportada, assim, não é mais preciso tocar o equipamento para ajustar os apoios. Isso significa menor risco de contaminação na hora de acomodar o paciente para o transporte e ao transferi-lo para a cama ou a maca. A ergonomia favorece tanto o apoio dos braços do paciente como a pega de condução para o profissional. Muito prática, a cadeira conta com porta-cilindro de oxigênio, porta-prontuário individual e suporte próprio para bolsas de soro e medicamentos. Mais conforto e segurança para os pacientes e profissionais da saúde.

 

Apoio aos acompanhantes

A legislação brasileira assegura o direito de acompanhante para os pacientes idosos. No Hospital Presidente nós vamos além, esforçando-nos para oferecer um atendimento humanizado para os pacientes e familiares.

Enquanto o idoso recebe atendimento imediato, o acompanhante é direcionado à recepção. A abertura da ficha acontece com a tranquilidade de que o paciente já está recebendo todos os cuidados médicos, sem fila ou burocracia.

Depois dos procedimentos da recepção, o acompanhante – familiar ou cuidador – recebe a orientação para a melhor conduta. Pode ser ficar com o paciente ou aguardar. O importante é que o acompanhante é informado, passo a passo, sobre o estado de saúde do paciente.

 

O Pronto Atendimento do Hospital Presidente funciona 24 horas, todos os dias, inclusive aos fins de semana. Não é preciso agendamento, mas você pode ligar para informações no telefone (11) 2261-6611. O Hospital Presidente fica na Avenida Nova Cantareira, 2.398, com acesso fácil tanto pela Avenida Tucuruvi como pela Avenida Água Fria.

 

Leia também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *