fbpx

Fisioterapia intensivista: ajuda para respirar melhor e voltar para casa

fisioterapia intensivista

Especialidade é diferencial nas equipes multidisciplinares de UTI, especialmente em casos de covid-19.

                         

Pacientes em terapia intensiva precisam de toda ajuda disponível para se recuperar. A fisioterapia intensivista é o apoio decisivo para ir para casa mais cedo. O objetivo não é apenas manter a vida, mas devolver sua qualidade e buscar a maior independência possível. Entenda mais sobre a fisioterapia em UTI neste texto.

 

A fisioterapia intensiva ou intensivista é voltada para pacientes graves que estão lutando pela vida na UTI. Não é um momento fácil nem para aos pacientes, nem para a família, mas, o fisioterapeuta intensivista pode trazer recursos para essa batalha e esperanças a todos.

A Associação Brasileira de Fisioterapia Cardiorrespiratória e Fisioterapia em Terapia Intensiva conta que, já na década de 1980, a especialidade começou a se tornar decisiva. Primeiro, porque é totalmente diferente da fisioterapia praticada em clínicas e consultórios. O alvo desses especialistas é contribuir para salvar a vida de pacientes críticos. Sua atuação influencia tanto o suporte respiratório como o fortalecimento muscular, visando à mobilidade futura, e abrevia a hora de ir para casa, é claro.

 

Não basta respirar

Na luta pela vida em uma UTI, o simples ato de respirar é um desafio. Muitos pacientes precisam de suporte ventilatório, invasivo ou não. Toda a atenção, desde a fisiologia respiratória até o fortalecimento pulmonar para voltar a respirar sem ajuda, vem do fisioterapeuta intensivista.

Esse apoio é especialmente necessário para pacientes que estão voltando do processo de intubação e precisam reaprender a respirar sozinhos. É o fortalecimento do sistema cardiorrespiratório que permitirá a alta médica e a qualidade de vida e independência quando os pacientes deixarem o hospital.

 

Mobilidade

Pacientes críticos, como os com covid-19, muitas vezes passam longos períodos acamados. Como consequência, a musculatura perde a força, por isso, é preciso contar com a ajuda do fisioterapeuta intensivista desde o início. O objetivo é fortalecer a musculatura e devolver a maior mobilidade e autonomia possível a essas pessoas. Afinal, o importante não é só voltar para casa, mas viver bem.

 

Cuidados em casa

Às vezes, chega a hora de voltar para casa, mas o paciente ainda não se recuperou totalmente. Os cuidados da fisioterapia intensivista, então, mudam de cenário. É hora de deixar o hospital e intensificar os cuidados no home care. Os objetivos continuam os mesmos: ajudar o paciente a respirar melhor e a recuperar autonomia e mobilidade tanto quanto possível.

 

A família

Todos os processos de fisioterapia, intensiva ou não, exigem muito do profissional e mais ainda do paciente. É preciso ter muita disciplina e dedicação para realizar os exercícios e conquistar resultados que, às vezes, demoram a chegar, por isso, um bom fisioterapeuta intensivista sabe valorizar e envolver a família no cuidado com esses pacientes.

Esse especialista orienta sobre a manutenção de equipamentos e acessórios para os exercícios e conforto dos pacientes, além de ensinar a como ajudar em exercícios diários. O mais importante é estender o conforto de orientações claras e acolhedoras sobre a evolução do paciente e seu prognóstico. É preciso que a família, o paciente e o profissional formem uma equipe cuja vitória não é um gol, mas a saúde e o bem-estar.

 

O Hospital Presidente conta com fisioterapeutas intensivistas que atuam em sua UTI apoiados por uma equipe multidisciplinar, tudo para oferecer o melhor atendimento médico e hospitalar para os moradores da Zona Norte. O Hospital Presidente fica na Avenida Nova Cantareira, 2.398, Água Fria. O acesso é fácil pelas avenidas Tucuruvi, Nova Cantareira e Água Fria.

 

Leia também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *