fbpx

Doenças respiratórias: como evitar com a chegada do outono

Doenças respiratórias

Maiores níveis de poluição e baixa umidade relativa do ar são gatilhos para resfriados e doenças respiratórias. Campanha de vacinação contra a gripe começa no dia 12 de abril.

 

Todo ano acontece a mesma coisa: acaba o verão e aumentam as doenças respiratórias. Os especialistas explicam que a estação é mais seca e por isso concentra mais poluentes no ar, provocando essas doenças. A seguir, algumas dicas para evitar as doenças respiratórias.

 

Quando os olhos e a garganta começam a arder é sinal de que a umidade relativa do ar está baixa. Se você olhar para a linha do horizonte vai ver uma faixa cinza de poluição aqui em São Paulo. O outono é a estação em que a umidade relativa do ar cai bruscamente, depois das chuvas de verão. A umidade é uma aliada importante da nossa saúde respiratória, porque ajuda a dispersar a poluição. Ela é também responsável por proteger a mucosa que reveste o nariz. Quando o ambiente está mais seco, essa proteção diminui e o resultado são resfriados e doenças respiratórias, como rinite e sinusite.

 

Beba água

Se está faltando água do lado de fora é preciso aumentar a quantidade dentro do organismo. A hidratação é sempre importante. A quantidade ideal de água depende do peso e da altura de cada pessoa, mas, em geral, cinco copos de água por dia, cerca de 1,5 litro, ajudam bastante.

Atenção especial deve ser dada aos idosos e às crianças. Eles vão dizer que não estão com sede, mas a sede já é um sinal do início da desidratação. Se for preciso, ofereça um suco ou frutas com bastante água, como melão ou melancia. Só não vale trocar a água por refrigerantes e outras bebidas artificiais ou alcoólicas.

 

Janelas abertas

Até nos dias mais frios, as janelas devem ficar abertas para deixar o ar circular. Mesmo a menor brisa ajuda a melhorar a qualidade do ar. E o mais importante: se alguém estiver doente no ambiente, o risco de contaminação vai diminuir.

Outra dica é deixar os casacos e roupas de frio que ficaram guardadas o ano inteiro ao ar livre por algumas horas antes de usá-los. Isso ajuda a eliminar ácaros e fungos que podem provocar alergias.

 

Etiqueta respiratória

Essa lição foi reforçada com a pandemia. É preciso cobrir a boca e o nariz ao tossir ou espirrar. A máscara é sempre importante em estados de gripe ou resfriado e ainda mais agora, com a pandemia. Tal medida evita que os outros se contaminem. É bom também lavar as mãos com água e sabão depois de espirrar ou assoar o nariz.

 

Umidificadores

Eles funcionam, sim! A tecnologia desses equipamentos evolui rapidamente e eles são cada vez mais eficientes, mas, há outras dicas para quem não pode pagar por um desses aparelhos. Colocar uma toalha úmida na porta do quarto é uma opção barata e excelente.

 

Campanha de vacinação

Nem todo mundo leva a gripe a sério, mas ela é uma das principais causas de pneumonia em idosos. Por isso, a campanha de vacinação anual é voltada principalmente para esse público. A campanha de 2021 começa no dia 12 de abril. Neste site você pode encontrar o posto de saúde mais próximo da sua casa. É só colocar o seu endereço e ir se vacinar.

 

Contudo, fique atento: febre alta e dificuldade para respirar são sempre sinais de alerta. Se perceber esses sintomas, busque ajuda médica imediatamente. O Pronto Atendimento do Hospital Presidente funciona 24 horas e tem a localização ideal para os moradores da Zona Norte. Não é preciso agendar. O endereço é Avenida Nova Cantareira, 2.398, Água Fria próximo à estação Tucuruvi de metrô.

 

Leia também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *