fbpx

Dor ciática: como enfrentar as crises?

Dor ciática: como enfrentar as crises? 

 

Fisioterapia, acupuntura e medicamentos aliviam a dor.

 

O ciático é o maior nervo do corpo humano. Começa no fim da coluna, passa pelos glúteos, joelhos e pés. Quando inflamado, pode levar a dor intensa e até incapacitante. Essa situação melhora com alguns cuidados, como tomar os remédios certos, acupuntura e fisioterapia. Saiba mais no texto a seguir.

 

O maior nervo do corpo humano começa no fim da coluna e termina nos pés. Pelo caminho, passa pelos glúteos e quando chega aos joelhos se divide em tibial e fibular. Quando inflamado, pode levar a dor intensa e até incapacitante. 

 

Sua inflamação é mais comum em atletas e esportistas ou pessoas que passam muito tempo sentadas, principalmente depois dos 40 anos. Também pode acontecer durante a gravidez. A dor é descrita, muitas vezes, como uma sensação de queimação profunda, peso nas pernas e formigamento. Se for muito intensa, limita os movimentos. Para melhorar, só tem um caminho: procurar ajuda médica e seguir as orientações que, em geral, incluem anti-inflamatórios e exercícios. 

 

Por que é tão comum?

 

A inflamação no nervo ciático é mais comum quando ele é pressionado. Acontece principalmente na coluna, entre as vértebras L4 e L5. Pode ainda ser resultado de hérnias de disco ou do próprio envelhecimento. Os principais sintomas são:

 

  • Formigamento na panturrilha, pernas e pés (pode ser no dorso ou na planta);
  • Redução da sensibilidade e da força;
  • Dor ao flexionar o joelho, principalmente para trás;
  • Dor ao inclinar a coluna, caminhar ou tossir.

 

Dá para evitar?

 

A dor pode acontecer mesmo você tomando todos os cuidados, mas reforçar a musculatura das costas e do abdômen e manter a postura ereta ajudam a reduzir bastante o risco, principalmente se você já teve alguma crise. 

 

É preciso saber que o ciático não gosta de repouso. Pessoas que passam muitas horas sentadas no trabalho, como motoristas e funcionários administrativos, precisam praticar exercícios pelo menos três vezes por semana. 

 

Se você se deitar e ao elevar uma das pernas estendidas sentir dor, provavelmente o ciático está se inflamando. É hora de reduzir o consumo de alimentos processados, como linguiça, salsicha e bacon, porque podem acelerar a inflamação. Se possível, coma alimentos como salmão, alho e cebola, que contêm propriedades anti-inflamatórias. 

 

Como aliviar a dor?

 

Antes de qualquer coisa, lembre-se: não se deve usar comprimidos analgésicos e anti-inflamatórios sem orientação médica. Todos os remédios têm efeitos colaterais e podem ainda disfarçar sintomas e dor, piorando a sua condição. 

 

Compressas de água quente ou fria são boas opções para aliviar a dor, assim como tratamentos alternativos, a exemplo da acupuntura e da refloxologia. Após alguns dias, o médico deve recomendar também fisioterapia. Com acompanhamento, você aprenderá a fazer movimentos que reforçam a musculatura sem aumentar a inflamação. 

 

Não importa se a dor surge intensa e repentina ou se é só um desconforto leve. Dor é sempre sinal de alerta. Agende uma consulta com nossa equipe de ortopedia para ficar bem. O telefone é (11) 2261-6611, ramal 1085. Em casos de emergência, procure nosso serviço de Pronto Atendimento 24 horas e Pronto Atendimento de Ortopedia: Diariamente das 7:00 ás 20:30 hs inclusive sábados , domingo e feriados. Fica na Avenida Nova Cantareira, 2.398 – Bairro Tucuruvi

 

Leia também:

 

 

Palavras-chaves

 

  • Nervo ciático
  • Dor ciática
  • Dor lombar
  • Dor nas pernas
  • Dor nos pés
  • Formigamento nas pernas
  • Fisioterapia

 

Referências

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *