fbpx

Fascite plantar: saiba como funciona a patologia que atinge os pés

 

Dor debaixo do pé, juntamente com inchaço e vermelhidão, mais intensa pela manhã e que alivia durante o dia, é o principal sintoma da fascite plantar

 

Fascite plantar é um processo inflamatório que afeta a fáscia plantar, uma membrana de tecido conjuntivo fibroso que recobre a musculatura da sola do pé, desde o osso calcâneo até a base dos dedos dos pés.

O sintoma característico da fascite plantar é uma dor forte debaixo do pé, próximo ao calcanhar, juntamente com inchaço e vermelhidão. Geralmente, a dor é mais intensa pela manhã, mas alivia durante o dia com o caminhar.

No entanto, a dor também pode surgir em qualquer ponto da fáscia, depois de longos períodos em pé, de subir escadas ou mesmo após um breve repouso.

 

Causas da fascite plantar

A doença se manifesta principalmente entre os 40 e 60 anos, podendo afetar tanto homens como mulheres, sendo que pessoas com sobrepeso, atletas, bailarinos e ginastas têm maior risco. Mulheres que usam sapatos com salto muito alto, com frequência, também estão mais sujeitas a desenvolver essa condição.

Além da obesidade e do ganho rápido de peso, a presença de pés chatos ou cavos também podem afetar a forma como o peso do corpo é distribuído e aumentar a pressão sobre a fáscia plantar.

O encurtamento do tendão de Aquiles, localizado na parte de trás da perna e que liga os músculos da panturrilha aos ossos do calcanhar, também está associado ao aparecimento da fascite plantar.

 

Diagnóstico e tratamento

O diagnóstico é feito pelo ortopedista e se inicia de maneira clínica, de acordo com as particularidades dos sintomas e dos fatores de risco. São solicitados exames de imagem, como radiografia e ultrassom, para estabelecer o diagnóstico final.

O tratamento consiste na administração de medicamentos analgésicos e corticoides, aplicação de toxina botulínica e infiltração, com anestésico ou corticoide, diretamente na região de maior dor.

É indicado repouso, aplicação de gelo no local e sessões de fisioterapia para promover o alongamento das estruturas da região, ou seja, a fáscia plantar, o tendão de Aquiles e os músculos da panturrilha.

O uso de palmilhas ortopédicas, visando a melhor distribuição do peso sobre os pés, e de órteses noturnas, para evitar o encurtamento do arco e manter a fáscia plantar alongada durante a noite, também são indicados.

A terapia por ondas de choque (TOC), constituída por ondas sonoras aplicadas no local da lesão, também pode ser utilizada para reduzir a dor, aumentar a irrigação de sangue e promover a cicatrização e regeneração dos tecidos moles. A cirurgia só é indicada quando os outros recursos terapêuticos não produzem mais resultados.

Sem tratamento, a doença assume caráter degenerativo, com dor crônica e alterações na marcha, que são anormalidades no modo como a pessoa caminha, e que, consequentemente, provocam lesões no joelho, quadril e coluna.

Se você estiver com algum sintoma de fascite plantar, o Hospital Presidente possui um Pronto Atendimento (PA), que funciona 24h por dia e 7 dias por semana. Conta ainda com uma equipe de médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem capazes de auxiliar em todos os procedimentos, além de um completo e moderno centro de exames, para proporcionar conforto e comodidade aos pacientes.

Caso prefira agendar uma consulta, basta ligar para Ariana, no telefone (11) 2261-6611, ramal 1085. Se preferir, envie um e-mail para agendamento@hospitalpresidente.com.br

 

Palavras-chave

Fascite plantar

Calcanhar

Pés

 

Leia também

https://www.hospitalpresidente.com.br/2019/11/06/sente-dor-no-corpo-e-nao-sabe-a-origem-procure-um-ortopedista/

https://www.hospitalpresidente.com.br/2015/11/23/hospital-presidente-passa-contar-com-servico-de-ortopedia-24-horas/

https://www.hospitalpresidente.com.br/2021/07/19/raio-x-tomografia-e-ressonancia-magnetica/

 

Referências

https://saude.abril.com.br/medicina/fascite-plantar-o-que-e/

https://www.rededorsaoluiz.com.br/doencas/fascite-plantar

https://rbo.org.br/detalhes/100/pt-BR/talalgias–fascite-plantar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *