fbpx

5 de Agosto: Dia Nacional da Saúde

 

A data visa conscientizar a sociedade sobre a importância da educação sanitária e da adoção de um estilo de vida saudável

 

No dia 5 de agosto é comemorado o Dia Nacional da Saúde, que tem como objetivo conscientizar a sociedade sobre a importância da educação sanitária e da adoção de um estilo de vida saudável, física e mentalmente.

A data foi escolhida para homenagear o médico e sanitarista Oswaldo Cruz, que nasceu em 5 de agosto de 1872, e foi um importante personagem na história do combate e da erradicação das epidemias de febre amarela, peste bubônica e varíola no Brasil.

O Dia Nacional da Saúde foi oficializado e inserido no calendário oficial brasileiro através do Decreto de Lei nº 5.352, de 8 de novembro 1967, do Ministério da Saúde (MS).

 

Quem foi Oswaldo Cruz?

Oswaldo Cruz graduou se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1892 e estudou microbiologia, soroterapia e imunologia no Instituto Pasteur, em Paris, entre 1897 e 1899.

Dois anos depois, assumiu a direção do Instituto Pasteur e trabalhou para ampliar suas atividades para além da fabricação de soro antipestoso, incluindo a pesquisa básica aplicada e a formação de recursos humanos. No ano seguinte, comandou a Diretoria Geral de Saúde Pública (DGSP), ligada ao Governo Federal.

No Brasil, em 1900,  fundou o Instituto Soroterápico Federal, transformado em Instituto Oswaldo Cruz, em 1908. No Rio de Janeiro, empreendeu uma campanha sanitária de combate às principais doenças sanitárias: febre amarela, peste bubônica e varíola.

Para isso, adotou métodos como o isolamento dos doentes, a notificação compulsória dos casos positivos, a captura dos vetores (ratos e mosquitos) e a desinfecção das moradias em áreas de focos.

Utilizando o Instituto Soroterápico Federal como base de apoio técnico-científico, Oswaldo Cruz deflagrou campanhas de saneamento e, em poucos meses, a incidência de peste bubônica diminuiu com o extermínio dos ratos, cujas pulgas transmitiam a doença.

Ao mesmo tempo em que combatia a febre amarela, Oswaldo Cruz enfrentou vários problemas: grande parte dos médicos e da população acreditava que a doença se transmitia pelo contato com as roupas, suor, sangue e secreções de doentes.

No entanto, ele acreditava que o transmissor era um mosquito. Assim, suspendeu as desinfecções, método tradicional no combate à moléstia, e implantou medidas sanitárias com brigadas que percorreram casas, jardins, quintais e ruas, para eliminar focos de insetos.

Em 1904, com o recrudescimento dos surtos de varíola, o sanitarista tentou promover a vacinação em massa da população. Porém, os jornais lançaram uma campanha contra a medida e o Congresso Nacional protestou e organizou a Liga contra a vacinação obrigatória.

No dia 13 de novembro estourou uma rebelião popular, que durou uma semana e foi derrotada pelo governo, suspendendo a obrigatoriedade da vacina. Mesmo assim, em 1907, a febre amarela estava erradicada do Rio de Janeiro.

Oswaldo Cruz ganhou reconhecimento internacional em 1907, quando recebeu a medalha de ouro no 14º Congresso Internacional de Higiene e Demografia de Berlim, na Alemanha, pelo trabalho de saneamento do Rio de Janeiro. O célebre sanitarista brasileiro reformou o Código Sanitário e reestruturou todos os órgãos de saúde e higiene do país.

 

Por que cuidar da saúde?

O Dia Nacional da Saúde é um alerta para a importância de cuidar da saúde de modo integral, prevenindo-se das doenças que afetam o corpo e a mente. As ações implementadas nesse dia visam despertar valores relacionados a saúde, cuja definição vai muito além da ausência de doenças, pois está diretamente relacionada a presença de uma autêntica qualidade de vida no cotidiano da população. Na definição do Ministério da Saúde, “ser saudável depende de uma série de fatores físicos e mentais que devem fazer parte da rotina de todos, como uma boa alimentação, privilegiando alimentos frescos em detrimento de alimentos processados e ultraprocessados, ingestão suficiente de água, a prática de atividades físicas, lazer e descanso”.

A realização de check-up anual, com exames clínicos, laboratoriais e de imagem, deve fazer parte das boas práticas de manutenção da saúde, assim como uma consulta com o Nutricionista. Esse especialista em alimentação saberá indicar a melhor dieta para cada pessoa, ajudando na mudança dos hábitos alimentares que prejudicam o organismo, com o passar dos anos.

 

Se você tem sintoma de alguma doença, o Hospital Presidente conta com um Pronto Atendimento (PA), que funciona 24h por dia e 7 dias por semana.

O Hospital Presidente conta ainda com uma equipe médica para consultas ambulatoriais em mais de 20 especialidades, incluindo Clínica Geral e Nutricionista. Outro conforto oferecido pelo Hospital Presidente é a equipe de enfermagem para auxiliar em todos os procedimentos, além de um completo e moderno centro de exames, proporcionando conforto e comodidade aos pacientes no mesmo local.

Caso prefira agendar uma consulta, basta ligar para a Ariana, no telefone (11) 2261-6611, ramal 1085. Se preferir, envie um e-mail para agendamento@hospitalpresidente.com.br.

 

Palavras-chave

Dia Nacional da Saúde

Oswaldo Cruz

Febre amarela

Varíola

 

Leia também

https://www.hospitalpresidente.com.br/2019/12/12/dengue-febre-amarela-epidemia-de-gripe-virose-a-infectologia-e-a-arma-da-medicina-para-combater-estas-e-outras-doencas-transmissiveis/

https://www.hospitalpresidente.com.br/2022/04/11/11-de-abril-dia-do-infectologista/

https://www.hospitalpresidente.com.br/2018/01/26/dengue-e-febre-amarela-combater-o-mosquito-e-melhor-prevencao/

 

Referências

https://bvsms.saude.gov.br/05-8-dia-nacional-da-saude-e-dia-do-nascimento-de-oswaldo-cruz/

https://pt.wikipedia.org/wiki/Oswaldo_Cruz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *